Segurança?: presidente do STF dirige o próprio carro


Leandro Mazzini – Coluna Esplanada
O staff de segurança do Supremo Tribunal Federal está em polvorosa com as decisões da nova presidente da Corte, Cármen Lúcia.
A ministra tem dirigido o próprio carro em alguns dias da semana, de casa para o tribunal e vice-versa, e dispensa batedores.
Enquanto isso, a Polícia Rodoviária Federal flagrou há dias um caso sério de saúde pública que merece atenção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.
Foi apreendido numa estrada na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai um caminhão de transporte de gasolina de placa do país vizinho carregado de gordura vegetal destinada a indústria alimentícia da região Sul do Brasil, em especial para fábricas de chocolates.


Num depoimento informal do motorista detido, os policiais descobriram que os carregamentos são constantes e que já houve lobby de políticos de Brasília e de agentes públicos para liberar outras cargas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo