Tucanos em guerra

 Por Magno Martins

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), que se licenciou para mergulhar na campanha municipal em João Pessoa e Campina Grande, desponta como forte candidato à presidência nacional do PSDB. Cássio é defendido pelo senador Aécio Neves (MG), derrotado em Belo Horizonte com a candidatura de João Leite (PSDB). O paraibano alertou o ex-governador de Minas Gerais que não concorrerá caso tenha disputa interna no partido. Cássio considera uma bola dividida disputar contra o candidato apoiado pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que sonha com o comando do PSDB.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense