Estudantes protestam durante “Pernambuco em Ação”

Um grupo de estudantes de odontologia da Universidade de Pernambuco realizou um protesto, durante o “Pernambuco em Ação”, sábado, em Arcoverde.
Segundo a aluna Maria Helena Moreira, em postagem no Facebook, desde o momento da entrada dos estudantes, do portal da escola técnica até a quadra, o grupo foi seguido pelos seguranças do governador. No momento em que começavam os discursos que exaltavam o governo Paulo Câmara, os alunos colocaram coletes laranjas para identificar que eram estudantes da UPE e, em seguida, estenderam uma faixa em frente à mesa das autoridades com os dizeres "Eu LUTO pela UPE" (foto).
A partir deste momento, os seguranças começaram a puxar os estudantes para trás do palco, ficando impedidos de entrarem na quadra após o protesto. Após serem levados para fora da quadra, por trás do palco aonde os políticos discursavam, os estudantes conversaram com os secretários de Administração, Milton Coelho), da Casa Civil (Antônio Figueira), o chefe de gabinete do governador (João Campos) e o reitor da UPE (Pedro Falcão).
Após muita pressão e insistência dos estudantes, ficou acertado que, na próxima quinta-feira, os alunos de odontologia terão uma reunião, em Recife, com o Governo do Estado para resolver as pendências que atrapalham o pleno funcionamento do curso no campus de Arcoverde.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense