"Lista fechada favorece político que quer se esconder", diz tucano


"Lista fechada favorece político que quer se esconder", diz tucano
 O presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, declarou nesta quinta-feira (23) que é contra o voto em lista fechada. “O Brasil precisa de uma Reforma Política urgente, mas é preciso que a sociedade esteja atenta para cobrar do Congresso Nacional o que deve ser mudado e como deve ficar. A reforma não pode vir para piorar o que já está ruim. Por exemplo: o voto em lista fechada, que só favorece político que quer se esconder do eleitor”, afirmou.

Ruy alerta para o fato do voto em lista fechada beneficiar políticos que queiram se esconder do eleitorado por ter se tornado réu na operação Lava Jato até 2018. “Não podemos aprovar uma reforma que já nasce com esse carimbo. Não se pode fazer uma reforma pensando em fugir da justiça, por isso a vigilância da sociedade é de grande importância. Reforma Política sim, mas com lista fechada para esconder políticos carimbados pela Lava Jato não”.

O tucano lembrou que muitos partidos sequer são conhecidos da maioria dos eleitores. “Não tem sentido votar em lista fechada num país com mais de trinta partidos. As pessoas sequer conhecem essas legendas, como vão escolher em quais votar? Questiona. Ele ressaltou que nos países onde é adotado o sistema de lista fechada o número de partidos é pequeno e a sociedade sabe quais são as ideologias dos partidos, que bandeiras eles defendem, enquanto que no Brasil falta esse amadurecimento político e o grande número de legendas torna isso quase impossível.

Com o voto em lista fechada o eleitor vota no partido político e não nos candidatos. Os partidos mais votados indicam seus representantes nas casas legislativas. Com isso, o eleitor transfere o poder de escolha para as lideranças partidárias que vão indicar quem assumirá os cargos.

 















Ascom

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo