Moro esqueceu de Mantega na 1ª decisão sobre prisão

Revista Consultor Jurídico
O juiz federal Sergio Moro se esqueceu de incluir o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega no primeiro despacho em que decretou a prisão preventiva dos acusados de envolvimento em crimes investigados na operação "lava jato". Moro determinou a prisão temporária de sete acusados, e não incluiu o nome de Mantega, o oitavo acusado. 
O erro foi corrigido na sequência. Em um segundo despacho no mesmo dia, Moro afirmou que "faltou o nome do investigado Guido Mantega" no trecho que decreta a temporária e retificou o trecho da decisão. A prisão do ex-ministro  foi revogada pelo próprio juiz nesta quinta-feira (22/9).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo