No olho mecânico

       Por Magno Martins
Pesquisas do Instituto Opinião identificaram eleições que serão disputadas no voto a voto, num clima de tensão e emoção para os candidatos, aliados e a população. Floresta, no Sertão de Itaparica, é uma delas. Ali, Obadias Novaes (PSD) e Ricardo Ferraz (PRP) voltam aos velhos e tradicionais clássicos entre as famílias Novaes e Ferraz.
Segundo o levantamento de intenção de voto, apenas um ponto separam um candidato do outro. Na estimulada é que Obadias quem, numericamente, está à frente com um ponto. Na espontânea, ocorre o inverso, ou seja, é Ricardo quem aparece com um ponto à frente. Haja coração! Carpina, na Zona da Mata Norte, também promete muita emoção.
 Ali, Joaquim Lapa, do PTB, aparece com apenas três pontos separado de Manoel Botafogo, do PDT, mas a disputa tem um detalhe que chama a atenção: o pedetista tem um parente que o atrapalha. Trata-se de Júnior Botafogo, do PSD, sobrinho de Manoel, cujos 3,4 pontos percentuais podem tirar a vitória do tio, beneficiando Lapa, que tem o apoio do senador Armando Monteiro e do deputado federal Ricardo Teobaldo.
Vitória de Santo Antão, também na Zona da Mata, está inserida no mesmo patamar de disputa sem previsão do que sairá das urnas no próximo domingo. Medem forças as tradicionais forças políticas que brigam pelo poder por mais de 50 anos: os grupos de Aglailson e do prefeito Elias Lira. Paulo Roberto, do PSD, aparece, numericamente, com três pontos de diferença, à frente de Aglailson Júnior, mas como a margem de erro é de cinco pontos percentuais para mais ou para menos, a tendência é de uma apuração voto a voto.
Floresta, Carpina e Vitória de Santo, portanto, são eleições do imponderável, a não ser que ocorram fatos ao longo desta semana que possam beneficiar um ou outro candidato, mexendo nos cenários levantados pelo Instituto Opinião. Como toda eleição tem o chamado fator surpresa, tudo pode acontecer. Se não, ganhará o candidato que organizar a melhor logística para o dia do pleito.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense