terça-feira, 13 de setembro de 2016

Temer e Lula se evitam na posse de Cármen Lúcia


Lula tem acusado o impeachment da de ‘golpe’; Temer rebate
O Globo - Vinicius Sassine
O presidente Michel Temer e o ex-presidente Lula se evitaram durante a posse da ministra Cármen Lúcia na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF). Na entrada, Temer acompanhou Cármen, enquanto Lula estava na primeira fila de cadeiras vermelhas dispostas no plenário. Ao fim, Temer saiu enquanto Lula cumprimentava outras autoridades.
Lula tem afirmado que o impeachment da presidente Dilma Rousseff foi um "golpe". Temer vem rebatendo a pecha de "golpista", repetida principalmente pelos petistas.
O ex-presidente é investigado em inquérito no STF, dentro do principal inquérito da Lava-Jato que apura formação de quadrilha. Lula também é investigado na primeira instância, em Curitiba, e já chegou a ser denunciado por tentativa de obstrução da Justiça. Temer, por sua vez, foi citado na delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado como suposto beneficiário de uma doação eleitoral irregular de R$ 10 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário