A eleição suplementar de Belo Jardim, marcada para 2/7, terá outra vez três candidatos: o ex-vice Luiz Carlos (PSB), o empresário Hélio dos Terrenos (PTB) e o vereador e prefeito interino Gilvandro Estrela (PV), apoiado pelo ministro Mendonça Filho (DEM). Por Inaldo Sampaio

De um popular de Belo Jardim, numa roda de sinuca, em que se discutia o futuro político de Michel Temer: “João que é João caiu, quanto mais esse tal de Temer!”. O João a que ele se reportava era o prefeito João Mendonça (PSB), que teve o mandato cassado pelo TSE.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense