FHC liga para Temer oferecendo apoio


PSDB aguarda o julgamento do Supremo sobre o pedido de suspensão do inquérito contra o presidente para decidir se rompe ou não com o governo
O Estado de S.Pualo - Tânia Monteiro
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso telefonou neste sábado, 20, para o presidente Michel Temer para oferecer apoio e recomendar que se mantenha firme e resista aos ataques que vêm sofrendo. Fernando Henrique também negou a Temer que tenha sugerido a sua renúncia, como "andou sendo noticiado". Segundo relato de um dos interlocutores de Temer, o ex-presidente afirmou que "em momento algum" disse que o peemedebista deveria renunciar.
Apesar de, nos bastidores, haver pressão no PSDB para que o partido deixe a base do governo, a conversa, segundo interlocutores do presidente, mostrou a "disposição" de Fernando Henrique em manter a legenda apoiando a gestão Temer.
A reunião entre DEM e PSDB que estava marcada para este domingo, 21, depois de articulações do governo e de líderes dos dois partidos, acabou cancelada. Caciques de vários partidos decidiram comparecer ao jantar que Temer promoveu no Palácio da Alvorada.
O momento, de acordo com interlocutores do presidente, é de "compasso de espera", aguardando a decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal sobre o pedido para suspender o inquérito aberto para investigar Temer por obstrução à Justiça, corrupção passiva e organização criminosa. O julgamento está marcado para quarta-feira, 24.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo