Atrito PSDB-PMDB: Renan tramou anistia a Dilma


Surpresa que beneficiou petista foi articulada pelo presidente do Senado
A anistia a Dilma Rousseff no final do julgamento, uma surpresa para Michel Temer e o PSDB, tem nome: Renan Calheiros.
O presidente do Senado viabilizou a articulação nos bastidores e a sustentou no Senado pouco antes da votação. Foi fundamental o papel de Renan para permitir que Dilma mantivesse a possibilidade de ocupar função pública durante oito anos.
Renan sinaliza assim que será um polo de poder importante e fundamental para o governo Temer. O episódio mostra que PMDB e PSDB não estão falando a mesma língua e que Temer precisará administrar um atrito na largada de sua Presidência.  (Kennedy Alencar)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo