quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Atrito PSDB-PMDB: Renan tramou anistia a Dilma


Surpresa que beneficiou petista foi articulada pelo presidente do Senado
A anistia a Dilma Rousseff no final do julgamento, uma surpresa para Michel Temer e o PSDB, tem nome: Renan Calheiros.
O presidente do Senado viabilizou a articulação nos bastidores e a sustentou no Senado pouco antes da votação. Foi fundamental o papel de Renan para permitir que Dilma mantivesse a possibilidade de ocupar função pública durante oito anos.
Renan sinaliza assim que será um polo de poder importante e fundamental para o governo Temer. O episódio mostra que PMDB e PSDB não estão falando a mesma língua e que Temer precisará administrar um atrito na largada de sua Presidência.  (Kennedy Alencar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário