Em dia de impeachment, País tem três presidentes

Dilma Rousseff (PT), Michel Temer (PMDB), Rodrigo Maia (DEM). Esses são os três presidentes – e seus respectivos partidos – que o Brasil teve nesta quarta­ feira (31), dia em que a petista foi condenada por crime de responsabilidade fiscal pelo Senado e perdeu o cargo dois anos e meio antes do fim do mandato. Com o impeachment de Dilma, Temer, seu ex ­vice nas duas eleições e já ocupando o cargo interinamente, tomou posse em definitivo. Porém, três horas depois de assumir, o peemedebista viajou para a China, deixando o presidente da Câmara no seu lugar. Rodrigo Maia com Temer na posse do peemedebista (Foto: Beto Barata/Palácio do Planalto)
 Rodrigo Maia com Temer na posse do peemedebista (Foto: Beto Barata/Palácio do Planalto)

Na China, Temer participa do encontro do G­20 e de reuniões bilaterais com representantes de outros países. O agora presidente levou em sua comitiva os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e das Relações Exteriores, José Serra. Também seguem o peemedebista em sua primeira viagem no cargo o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB­AL), que votou pelo impeachment mais cedo, além de alguns parlamentares convidados. Temer tenta convencer deputados e senadores a votar as pautas do interesse do seu governo, principalmente as medidas econômicas propostas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense